.

Arte Espírita

A  8ª edição do Fórum Nacional de Arte Espírita  da ABRARTE    com o tema ARTE NO PALCO. ARTE NA VIDA., foi considerado de altíssimo nível pelos participantes deste importante espaço de reflexão sobre a arte e suas conexões com a vida de cada ser.Esses dias de Fórum de Arte Espírita são oportunidades de se conhecer quem e como atua nessa área criando inúmeras possibilidades de integração e de fortalecimento de laços de fraternidade e especial vivência edo evangelho de Jesus. Para Lucas de Pádua, coordenador do NAVE-Núcleo Audiovisual Espírita  os encontros da Abrarte “são empre maravilhosos, pelos grandes amigos que fazemos, espetáculos que vislumbramos e a certeza de que a arte tem um potencial incrível que ainda utilizamos de forma muito aquém.”

Lucas de Pádua também ressalta que  “nesta edição tivemos grandes progressos para a área de audiovisual, como um compromisso da ABRARTE – Associação Brasileira de Artistas Espírita, de se empenhar em continuar auxiliar os grupos de arte que atuam com o audiovisual com temática espírita. na opinião dele e pelos demais depoimentos

”  Pela 1° vez a área de audiovisual foi tema de uma plenária de um Fórum, demonstrando a preocupação e o interesse da ABRARTE em apoiar esta área, junto com a FEB. Isto representará no futuro grandes desdobramentos.”

Mais sobre  a 8ª Edição do Forum Nacional de Arte Espírita da ABRARTE

A participação do Grupo de Dança  Reforma Íntima e da Anga Produções foi significativa para o fortalecimento do segmento e para a reflexão sobre a prática e produção da arte espírita promovida em todo o território nacional.

Veja abaixo o depoimento de Germana Carsten, atual  Diretoria de Estudos Doutrináriosdo GTV enviado por e-mail durante o evento a todos os participantes da lista de discussão sobre a produção audiovisual espírita:

Em 24 de junho de 2011 12:00, Germana Carsten <germanacarsten@gmail.com> escreveu:

Amigos do GEDRI e do Grupo da Federação Espírita do Paraná,

Venho parabenizar os dois grupos pelas reflexões profundas suscitadas em todos que estavam presentes no Teatro dos Bancários na Abertura do VIII Fórum ABRARTE – Brasília, ontem a noite.

Foi um banquete da mais profunda e bela filosofia espírita.

Próprio do Espírita que lê, pesquisa e reflete sobre o que leu.

Enfim, do buscador sincero das verdades eternas que alavancam o homem à inevitável evolução.

Aquele que estuda as obras espíritas, tendo alma de artista, não teria outra escolha, que fazer transbordar além de si mesmo, pelas veias da arte, o que aprendeu.

GEDRI de Vitória-ES, ter permeado suas belas coreografias com os escritos lúcidos de Herculano Pires, pontualmente citado, narrando a busca do divino, enquanto encarnados, foi resultado de quem tem seu conhecimento forjado no estudo das obras robustas dos autores sérios e idôneos da literatura espiritista.

O Grupo Teatral da Federação Espírita do Paraná registrou com maestria, tanto no irretocável conteúdo doutrinário, como nas técnicas corretas da interpretação teatral, a história de Saulo e Abigail, que sempre arrancará de nós, suspiros e lágrimas de emoção – Paulo e Estevão de Emmanuel – FCX.

Ontem, para os artistas espíritas que estiveram presentes, a lição foi uma só:

– Arte espírita tem um plus a mais que a arte comum.

– Ela pode até ser, no primeiro momento, considerada entretenimento nas linhas exteriores de seus voleios na ribalta, mais nunca e jamais terá a superficialidade dosroteiros de consumo, tão corriqueiros nas peças que saturam nossos palcos de Brasília. 

Sim, arte espírita tem um diferencial  profundidade.

Têm o poder de extrair de quem conquista a benção de assisti-la, o divino, a essencialidade do existir, o que transcende além dos horizontes conhecidos,  até então adormecidos no âmago do ser, pela falta de tempo de ler o que se deve. Separa no bojo do conteúdo emocional do indivíduo o essencial do secundário.Evidência com clareza, a importância que devemos dar ao primeiro, em detrimento do segundo, em nossa vida diária.

Os Roteiros Espíritas devem e podem ser profundos e suscitar reflexões capazes de desalojar o homem de sua zona de conforto, onde reina a ociosidade e a preguiça paralisantes, nutridas pelos alicerces frágeis da filosofia imediatista do prazer a toque de caixa, a qualquer custo e preço.

Agradeço imensamente pela aula de como montar roteiros com conteúdos interessantes, inusitados e ricos de lições proveitosas para a conquista do Ser integral.

Para os atores do GTV que estavam presentes, registramos mais uma lição de como fazerarte com profundidade, destacando o essencial.

Já tinha até me esquecido da expressão Coração de seu Cérebro“! – Paulo e Estevão – Abigail de Saulo.

Parabéns aos dois grupos e à ABRARTE pelo feliz evento na noite de ontem.

Hoje, posso anunciar para meus confrades da Comunhão Espírita:

 Ontem, no Fórum ABRARTE, verdadeiramente, assisti ARTE ESPÍRITA!

Muita Paz,

Germana Carsten

GTV – Diretoria de Estudos Doutrinários

_________________________________________________________________________________________________________

Recomendação do Conselho Federativo Nacional

O Conselho Federativo Nacional da FEB, em sua reunião de novembro de 2010, aprovou texto contendo recomendações sobre Arte Espírita, com base em estudo realizado desde a reunião anterior (de 2009).

Para a íntegra do documento da FEB, acesse:

http://www.febnet.org.br/site/movimento_brasil.php?SecPad=24&Sec=590

Gostaríamos muito de saber o que achou do material acima disponibilizado. A Anga Produções agradece a sua participação!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s